6 Cuidados Que Se Deve Ter ao Projetar e Instalar Uma Adega de Vinhos

0 Comentários

É indiscutível que as adegas de vinhos deixaram de se tornar produtos exclusivos de grandes distribuidoras de bebidas e supermercados, e foram parar em restaurantes, bares, e até mesmo em residências de apreciadores.

Considerando esse fato, além de sua função principal de conservar os vinhos em condições de temperatura e umidade ideais.

A adega passou a ter novos propósitos: ser usada como produto de status e de luxo para deixar o ambiente belo e deslumbrante, ou até como hobby de apreciadores que gostam de reunir amigos e familiares em casa para degustar os vinhos da sua coleção.

adegas de vinho

Existem adegas que impressionam devido à escolha dos clientes, que têm gosto sofisticado e primam pela arte decorativa sem abrir mão da parte técnica.

Essas adegas podem ter o acabamento de aço envelhecido, madeira ou inox.

Por dentro elas são construídas com painéis termoisolantes para manter a temperatura uniforme.

As portas são feitas de vidro duplo laminado com um gás entre eles para evitar a sudação.

O sistema de refrigeração é eletrônico e automatizado que liga e desliga para manter a temperatura ideal e reduzir o consumo de energia.

Cuidados para Projetar uma Adega

Entre uma adega comercial e residencial as vezes somente o tamanho pode diferenciar uma da outra, e as diretrizes para projetá-las são as mesmas, porém deve-se ter alguns cuidados ao projetar e instalar uma adega:

  1. Priorizar adequação às características arquitetônicas e decorativas do imóvel;
  2. Projetar uma adega que supra a demanda de saída dos vinhos;
  3. Considerar a medida de 10 centímetros de distância mínima entre os vinhos garantir uma circulação de ar adequada;
  4. Escolher um ambiente que não tenha equipamentos que gerem calor, como o fogão, para evitar um esforço maior do refrigerador para manter a temperatura ideal dos vinhos;
  5. Manter sempre higienizada limpando a sujeira nos rótulos armazenados para evitar problemas no funcionamento do refrigerador;
  6. Vedar a porta da adega adequadamente para evitar troca de calor com o meio externo.

Nesse artigo vimos que é importante aliar a tecnologia e funcionalidade da adega com a decoração do local.
Fazer tudo corretamente para manter sua função principal, quando entra o arquiteto ou decorador após o trabalho técnico, trazendo beleza e elegância ao produto. Além de conferir alguns cuidados para isso.

Nos conte na sessão de comentários abaixo qual o seu vinho preferido e com quem você mais gosta apreciá-lo.

Entre em contato com o nosso departamento de projetos e tenha uma assessoria completa no seu negócio: (16) 3961-8800!

Avalie o post:

6 Cuidados Que Se Deve Ter ao Projetar e Instalar Uma Adega de Vinhos
5 (100%) 6 votes

Resumo
6 Cuidados Que Se Deve Ter ao Projetar e Instalar Uma Adega de Vinhos
Nome do artigo
6 Cuidados Que Se Deve Ter ao Projetar e Instalar Uma Adega de Vinhos
Descrição
Considerando esse fato, além de sua função principal de conservar os vinhos em condições de temperatura e umidade ideais, a adega passou a ter novos propósitos: ser usada como produto de status e de luxo para deixar o ambiente belo e deslumbrante, ou até como hobby de apreciadores que gostam de reunir amigos e familiares em casa para degustar os vinhos da sua coleção.
Autor
Nome do autor
Zanotti Refrigeração
Logo do autor
Facebook Comments

A Zanotti Refrigeração é uma empresa com 60 anos de história especializada na comercialização de equipamentos e utilidades domésticas para cozinha industrial e representante autorizada das principais e melhores marcas do mercado para os segmentos do setor gastronômico, tais como cozinhas industriais, bares, restaurantes, padarias, açougues, empórios, cafeterias, franquias, supermercados, sorveterias, lojas de conveniências, entre outras.

Sobre a Zanotti

sobre a Zanotti

Somos especialistas na comercialização de equipamentos e utensílios para cozinha industrial, fabricação de painéis isotérmicos em EPS, além de montagem de projetos e consultoria para a criação e gestão de negócios do setor gastronômico como: franquias, lojas de conveniências, supermercados, lanchonetes, bares, restaurantes, padarias, açougues, sorveterias, entre outros.

Assessoria Projetos Zanotti

Inscreva- se em nossa newsletter!

Posts relacionados

0 Comentários

Deixe um Comentário